• Com grande orgulho a SSW  sai na frente novamente  com aimplementação em sua Empresa  da mais nova ISO 45001 pois a  Organização Internacional de Normalização (ISO) anunciou, em 11 de junho, que o segundo projeto da norma ISO 45001 Sistemas de Gestão da Segurança e Saúde no Trabalho – Requisitos, foi aprovado pelos membros que participaram no seu desenvolvimento. A ISO 45001 é uma norma internacional destinada a ajudar as organizações a melhorar o seu desempenho em Segurança e Saúde no Trabalho. De acordo com a organização internacional, o padrão foi projetado para ser integrado em sistemas de gestão existentes e irá complementar aspectos relacionados à segurança, saúde e bem-estar dos trabalhadores.O projeto anterior da norma não conseguiu alcançar a necessáriaaprovação de 75% dos países que participam no ISO / PC 283, a comissão responsável pelo desenvolvimento do padrão normativo.A ISO 45001 será uma norma técnica a ser utilizada para a certificação por terceiros nos aspectos pertinentes. Prevê-se que a ISO 45001 irá substituir a OHSAS 18001: 2007.
  • A norma está prevista para ser publicada no quarto trimestre de 2016. 

 

SEGURANÇA DO TRABALHO EM DEPARTAMENTO DE RECURSOS HUMANOS

A gestão de Recursos Humanos (RH) é parte vital para o bom funcionamento de uma empresa. Ela é a responsável pelo gerenciamento dos funcionários e a solução de conflitos para que as metas da companhia estejam alinhadas aos objetivos pessoais dos colaboradores.

Neste sentido, a segurança do trabalho está diretamente relacionada à função exercida pelos gestores de RH. Não há como desvincular um setor do outro, uma vez que ambos prezam pela qualidade do serviço prestado.

Um departamento de Recursos Humanos preparado para atender as demandas da instituição possui setores para a gestão da segurança do trabalho , além de Medicina do Trabalho, Treinamentos, dentre outros.

Assim como nas demais áreas da empresa, a segurança do trabalho junto aos gestores de RH tem a função de garantir o bem estar e qualidade de vida dos empregados, evitando a ocorrência de acidentes, sinistros e doenças laborais.

Com a possível formação de uma equipe composta por médicos, psicólogos e técnicos em segurança do trabalho, os administradores juntamente com o setor de segurança do trabalho, eliminam ou mantêm o controle do número de acidentes ocorridos, bem como os afastamentos relacionados ao cargo ocupado. O RH tem acesso aos diagnósticos e mapas de risco para verificar os equipamentos de segurança que serão utilizados em cada função e cuida do treinamento e palestras educacionais para o bom funcionamento da instituição.

O departamento também deve se atentar ao cumprimento das regras e procedimentos de Segurança e Saúde do Trabalho e Meio Ambiente e a implantação de programas para o atendimento dos requisitos legais aplicáveis à atividade da empresa.

Dentre os programas que devem ser implantados no local de trabalho, o RH deve executar os seguintes:

  • Programa de Prevenção de Riscos Ambientais PPRA : Tem o objetivo de garantir a integridade física dos funcionários, através da antecipação e reconhecimento dos riscos;
  • Programa de Controle Médico de Saúde Ocupacional PCMSO: Garante a saúde do conjunto de profissionais da empresa;

Especificamente para os profissionais de Recursos Humanos que sofrem com a pressão do cargo ocupado, é possível atestar a execução de um trabalho de qualidade e menos estressante com técnicas específicas de Saúde e Segurança do Trabalho. Exercícios de alongamento e pausas ao longo da jornada de trabalho favorecem o bem estar laboral e atestam a produtividade.

Assim, a Segurança do Trabalho é parte fundamental dos cargos de gestores de RH e administradores de empresas. Através da aplicação correta de todos os procedimentos e a admissão de bons funcionários que garantam a execução do serviço, é possível otimizar e assegurar a qualidade de vida e segurança laboral de todos os colaboradores da companhia.

As clinicas de ODONTOLOGIA  são obrigadas por lei a manterem em seus consultórios dentários os ladudos referentes a Segurança e Medicina Ocupacional, entre os programas saliento a obrigatoriedade principal dos programas PPRA, PCMSO, CIPA oo Designado de Cipa, Laudo de vaso de pressão caso haja um compressor no local.

Observação.

   O PPRA (NR9) deve inserir informações da (NR32) em conjunto.

Todos os profissionais que laboram no setor que possui exposição a Raio X, devem providenciar em seu PCMSO e ASO exames de medições de radiação donforme CNEN.

 

A sigla PCMSO significa Programa de Controle Médico de Saúde Ocupacional, conforme estabelece o subitem 7.2.1 da norma regulamentadora nº 07, o PCMSO é parte integrante do conjunto mais amplo de iniciativas da empresa no campo da saúde dos trabalhadores, devendo estar articulado com o disposto nas demais normas regulamentadoras.

O Programa de Controle Médico de Saúde Ocupacional – PCMSO é regulamentado pela norma regulamentadora nº 07 do Ministério do Trabalho e Emprego, que estabelece a obrigatoriedade de elaboração e implementação, por parte de todos os empregadores e instituições que admitam trabalhadores como empregados, do Programa de Controle Médico de Saúde Ocupacional – PCMSO, com o objetivo de promoção e preservação da saúde do conjunto dos seus trabalhadores.

O PCMSO estabelece a realização de exames médicos admissionais, periódicos, retorno ao trabalho, mudança de função e demissional.

Plano de Abandono

O condomínio de todo edifício comercial ou residencial deve ter um plano de emergência para abandono do prédio em caso de incêndio. Converse com o síndico e com os seus colegas ou vizinhos sobre a elaboração do plano de emergência. Reúna os que estiverem interessados, e mão à obra! Peça orientação a ssw segurança e medicina do trabalho  para elaborar o plano e estabelecer as tarefas de cada um numa situação de incêndio. Treinamento é primordial. Para consultar seu instrutor Homologado pelo Corpo de Bombeiros do Estado de São Paulo consulte o site abaixo.

http://www.ccb.policiamilitar.sp.gov.br/credenciamento/_consultas_instrutores_credenciados.php

No Brasil a legislação do trabalho obriga todas as empresas a elaborarem e implementarem o  Programa de Prevenção de Riscos Ambientais (PPRA), além de manterem a guarda do(s) documento(s) base(s) de registro(s) dessas ações durante 20 (vinte) anos.

O PPRA foi estabelecido pela Secretaria de Segurança e Saúde do Trabalho, do Ministério do Trabalho, por meio da Norma Regulamentadora NR-09, Portaria 3.214/78.  Portanto, em todas as atividades de trabalho onde haja vinculo empregatício, existe a obrigação de implementaçãodo programa, sejam: indústrias; fornecedores de serviços; hotéis; condomínios; drogarias; escolas; supermercados; hospitais; clubes; transportadoras; magazines etc.

Todo condomínio deve ter o Programa de Prevenção de Riscos Ambientais – PPRA, bem como o Programa de Controle Médico de Saúde Ocupacional – PCMSO, regulamentado pela NR 07. Ambos são obrigatórios, principalmente os residenciais, pois caso sejam fiscalizados poderão sofrer (ou efetivamente sofrerão) multas com valores consideráveis. É importante também possuírem uma documentação de defesa em possíveis ações trabalhistas.

Um incêndio pode acontecer em qualquer condomínio, mas com medidas de segurança o risco é sempre menor. Em um momento de sinistro, o pior inimigo é o pânico e se as pessoas não sabem como lidar com a situação é mais fácil o desespero tomar conta. Conhecimento sobre a ação correta e eficiência na hora da evasão é fundamental para salvar vidas, principalmente em edifícios verticais.

Por isso, além do prédio contar com o sistema contra incêndio, como luzes de emergência, extintores e portas corta-fogo, o condomínio deve ter um plano de abandono, que determine as atitudes necessárias para prevenir e minimizar acidentes, que podem ser fatais. Todos os moradores devem ser informados sobre os procedimentos em caso de incêndio. A SSW ministra todos os treinamentos obrigatórios pela legislação federal.

Abaixo segue o Plano de Abandono de Edifícios, recomendado pelo Corpo de Bombeiros

O abandono de um edifício em chamas deve ser feito pelas escadas, com calma, sem afobamentos.

  •  Nunca use o elevador para sair de um prédio onde há um incêndio.
  •  Se um incêndio ocorrer em seu escritório ou apartamento, saia imediatamente. Muitas pessoas morrem por não acreditarem que um incêndio pode se alastrar com rapidez.
  •  Se você ficar preso em meio à fumaça, respire pelo nariz, em rápidas inalações. Se possível, molhe um lenço e utilize-o como máscara improvisada. Procure rastejar para a saída, pois o ar é sempre melhor junto ao chão.
  •  Use as escadas - nunca o elevador. Um incêndio razoável pode determinar o corte de energia para os elevadores. Feche todas as portas que ficarem atrás de você, assim retardará a propagação do fogo.
  •  Se você ficar preso em uma sala cheia de fumaça, fique junto ao piso, onde o ar é sempre melhor. Se possível, fique perto de uma janela, de onde poderá chamar por socorro.
  •  Toque a porta com sua mão. Se estiver quente, não abra. Se estiver fria, faça este teste: abra vagarosamente e fique atrás da porta. Se sentir calor ou pressão vindo através da abertura, mantenha-a fechada.
  •  Se você não puder sair, mantenha-se atrás de uma porta fechada. Qualquer porta serve como couraça. Procure um lugar perto de janelas, e abra-as em cima e embaixo. Calor e fumaça devem sair por cima. Você poderá respirar pela abertura inferior.
  •  Procure conhecer o equipamento de combate a incêndio para utilizá-lo com eficiência em caso de emergência.
  •  Um prédio pode lhe dar várias opções de salvamento. Conheça-as previamente. Não salte do prédio. Muitas pessoas morrem sem imaginar que o socorro pode chegar em poucos minutos.
  •  Se houver pânico na saída principal, mantenha-se afastado da multidão. Procure outra saída. Uma vez que você tenha conseguido escapar, NÃO RETORNE. Chame o Corpo de Bombeiros imediatamente. Ao constatar um princípio de incêndio, ligue imediatamente para o Corpo de Bombeiros (telefone 193).
  •  Forneça informações precisas: Nome correto do local onde está ocorrendo o incêndio, número do telefone de onde se está falando, nome completo de quem está falando.
  • Relato do que está acontecendo.
  • Em seguida, desligue o telefone e aguarde a chamada de confirmação do local.

CONTATO

SSW - SEGURANÇA E MEDICINA DO TRABALHO

contato@sswsegurancadotrabalho.com.br
Fone: (11) 4329-5348 / Cel. 98214-3917